segunda-feira, 26 de agosto de 2013

NEURASTENIA




           
Neurastenia


Neurastenia (neuro = cérebro, astenia= fraqueza), ocasionado principalmente por estafa, esgotamento mental, intoxicações por drogas, permanência por longos períodos em lugares pouco arejados, sujeição a frequentes emoções fortes, entre outros fatores. Incluem cansaço, desânimo, depressão, desmotivação, falta de energia e impotência para iniciativas e principalmente provocando dificuldades nas relações interpessoais e limitações na atuação no meio social. O termo foi popularizado pelo neurologista estadunidense George Miller Beard, em meados do século XIX.
é um distúrbio psicológico que resulta do enfraquecimento aumentado do Sistema
nervoso central

Como sintomas presentes na síndrome neurastênica temos:
O indivíduo acometido por neurastenia apresenta, geralmente, impossibilidade de realizar atividades físicas, oscilação contínua de humor, depressão, tremores sem causa aparente, dormência e formigamentos dos membros, memória debilitada, vertigens, dores de cabeça e musculares, insônia, dificuldade de concentração, problemas alimentares, perda da capacidade de sentir prazer e ansiedade. A vida social desse indivíduo é, quase sempre, comprometida, uma vez que seu comportamento sofre sérias alterações.
O tratamento da doença pode ser feito por meio de psicoterapia (psicanálise, terapia analítico-comportamental, terapia cognitivo-comportamental, terapia psicoeducacional) e uso de medicamentos, como antidepressivos. A mudança dos hábitos alimentares, adicionando à dieta alimentos ricos em fibras, cereais e hortaliças, o abandono do consumo de drogas, fumo, bebidas alcóolicas, café, chá preto e carnes gordurosas pode potencializar os efeitos do tratamento. A hidroterapia também é bastante utilizada em alguns casos.
Pessoas neurastênicas devem evitar rotinas estressantes, reservando pelo menos um dia por semana para o descanso, de preferência em locais tranquilos, agradáveis e com bastante ar puro. É recomendável, também, para descarregar as tensões nervosas, andar descalço sob a grama fria pela manhã. A prática de exercícios físicos, principalmente aeróbicos, é uma importante ferramenta para a cura desse transtorno.
A neurastenia, sem dúvida, não é o pior dos distúrbios psíquicos, sendo inicialmente considerada como a mola propulsora de patologias mais severas tais como o transtorno bipolar, a depressão e a esquizofrenia, e exatamente por isso, foi muito utilizada para camuflar a manifestação de tais doenças. Estima-se que entre 3 e 11% da população do planeta seja neurastênica, especialmente nos países da América do Norte e Ásia. Os Estados Unidos são campeões no ranking de prevalência da doença, e chegaram até a batizar a doença de “americanitis”, pois a consideravam como transtorno psíquico característico dos americanos.
A psiquiatria pouco conhece a respeito da doença, mas alguns chegam a afirmar que se trata de uma regressão ao comportamento infantil. Sigmun Freud, o pai da psicanálise, relacionava a ocorrência da neurastenia com o excesso de masturbações, práticas sexuais anormais e pressão intracraniana (pressão exercida pelo crânio nos tecidos sob o tecido cerebral).



COMO È UMA PESSOA NEURASTÊNICA?
FADIGA: A fatigabilidade ocorre após esforços mentais frequentemente, associada a certa diminuição do desempenho profissional e da capacidade de fazer face às tarefas cotidianas.
DESCONCENTRADA: A fatigabilidade mental é descrita tipicamente como uma intrusão desagradável de associações ou de lembranças que distraem, dificultam a concentração e geram pensamentos ineficientes.
FRAQUEZA FÍSICA:  A ênfase se dá mais em sensações de fraqueza corporal ou física, seguidos de um sentimento de esgotamento após esforços mínimos, dores musculares e incapacidade para relaxar.
A pessoa pode ainda demonstrar outras sensações físicas desagradáveis, tais como vertigens, ( chegando a desmaiar sem motivo aparente) cefaléias tensionais e uma impressão de instabilidade global, inquietudes,  irritabilidade, anedonia, depressão e ansiedade menores e variáveis. O sono frequentemente está perturbado nas suas fases inicial e média, mas a Hipersonia pode também ser proeminente.
POEMA
Neurastenia
 Sinto hoje a alma cheia de tristeza! 
Um sino dobra em mim, Ave-Marias!
Lá fora, a chuva, brancas mãos esguias,
Faz na vidraça rendas de Veneza…

O vento desgrenhado, chora e reza
Por alma dos que estão nas agonias!
E flocos de neve, aves brancas, frias,
Batem as asas pela Natureza…

Chuva… tenho tristeza! Mas porquê?!
Vento… tenho saudades! Mas de quê?!
Ó neve que destino triste o nosso!

Ó chuva! Ó vento! Ó neve! Que tortura!
                                                                                   Gritem ao mundo inteiro esta amargura,
                                                                                   Digam isto que sinto que eu não posso!!…

(Florbela Espanca, «Livro de Mágoas», in «Poesia Completa»)

Referências
http://www.citi.pt/cultura/literatura/poesia/florbela_espanca/neurastenia.htmlhttp://www.galenoalvarenga.com.br/transtornos-mentais/transtornos-somatoformes/neurastenia
http://lucidreira.blogspot.com.br/2013/04/queijo-cottage-excelente-para-dieta.html


Um comentário:

  1. meu maria Marlene gomes de oliveira estou usando o creme veneno de cobra mais ainda não vi resultado

    ResponderExcluir

Obrigada pela participação, assim que possível darei retorno.